Bolsonaro promete rever demarcações e quer explorar Amazônia com EUA

Bolsonaro prometeu rever as demarcações de Terras Indígenas em entrevista à rádio Jovem Pan: “A demarcação que eu puder rever, eu vou rever”. Segundo a transcrição da entrevista feita pelo Valor, ele defendeu a possibilidade de indígenas e quilombolas venderem ou explorarem suas terras “da maneira como acharem melhor”, e citou especificamente os Ianomâmis, dizendo que são “nove mil índios” em uma área equivalente ao dobro da área do Rio de Janeiro. Falando da riqueza mineral de Roraima, disse que o estado tem uma “tabela periódica”. Disse também querer “explorar a região amazônica em parceria com os Estados Unidos”.

 

ClimaInfo, 9 de abril de 2019.